Igreja – a Olaria de Deus – 2ª e última parte

Nas mãos do OleiroComo o vaso que ele fazia de barro…

Toda a atenção estava no vaso e no processo que estava em andamento. Assim a igreja é uma oficina em que nós, os vasos, estamos sendo trabalhados. Jeremias não foi levado a uma loja, em que todos os vasos estariam já prontos, mas numa oficina onde nada – a não ser o próprio Oleiro – é perfeito.

…se quebrou na mão do oleiro

Qualquer vaso dentro da Igreja é passível de se quebrar. É da natureza dos objetos de barro em construção: são facilmente quebráveis. Mas a vantagem de se quebrar na mão do Senhor é que Ele pode tornar a moldar você. Muitos se quebram longe da casa do Oleiro e nada resta deles, cacos imprestáveis.

…tornou a fazer dele outro vaso, conforme pareceu bem aos seus olhos fazer.

Deus é soberano e dentro da Igreja é Ele quem determina nosso molde e função. Não há como resistir. Se nos endurecemos nisso Ele terá de nos quebrar e quebrar e quebrar… até que não ofereçamos mais resistência à Sua soberana vontade. Ou lançados no monturo…

“NÃO PODEREI EU FAZER DE VÓS COMO FEZ ESTE OLEIRO, Ó CASA DE ISRAEL?”

8 comentários sobre “Igreja – a Olaria de Deus – 2ª e última parte

  1. Interessante o que Deus faz com o barro. Formou o homem, deu vida, deu forma. O homem começou a tomar uma forma diferente por causa do pecado. Deus então envia o vaso perfeito (Jesus) que foi quebrado por amor ao homem. É este o vaso a forma que devemos nos amoldar.

    Curtir

  2. Somos barro e o Senhor Jesus é a água viva que dá a liga perfeita para que Deus trabalhe em nossas vidas, moldando-nos como vasos nas mãos do oleiro. Sem a água não se pode trabalhar o barro.

    Curtir

    • De fato, minha cara, estávamos como barro informe e endurecidos nos nossos conceitos mas a viva Palavra nos amoleceu, dando início a esse maravilhoso processo.

      Curtir

  3. Esta é a benção, resgatado, restaurado conforme o querer do nosso Deus. Não vivo eu, mas Cristo vive em mim. Voltamos a ser a imagem e semelhança, a noiva tem que ser compatível ao Noivo.

    …Vaso que o oleiro fazia…

    Pai, aquele que criou

    …Tornou a fazer..

    Filho, aquele que restaurou

    Segundo bem lhe pareceu

    Espirito Santo , aquele que ensina a vontade da trindade para o vaso novo

    Curtir

    • Que bom encontro! Encontrar a Trindade, sutilmente apontada, em textos do Velho Testamento é um dos meus prazeres favoritos.
      Abraço, Companheiro.

      Curtir

  4. isso me fez lembrar daquele homem egipcio que davi e seus homens encontraram caido(Quebrado) e perguntaram de onde era ou de quem era, a resposta foi: era servo de um homem(amalequita ou midianita…) mais adoeci e meu senhor me abandonou(jogou fora).

    Vaso que se que em mãos erradas é jogado fora!
    Bom é viver nas mãos do Senhor!!!!!

    Curtir

E você, o que poderia acrescentar sobre este assunto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s