Todos pecaram – parte II

“Filho”, disse o bondoso pai, “você está sempre comigo” – O Pai sabe disso, sabe do seu esforço, meu irmão. “Todas as minhas coisas são suas” – ao Pai agradou dar-nos o Seu reino.

Mas não sabemos pedir como convém. Jesus disse certa vez: “PEDI E RECEBEREIS”. Mas Tiago, depois, precisou escrever: “PEDIS E NÃO RECEBEIS!” Por que? Porque pedimos mal. Não sabemos pedir. Às vezes queremos coisas para nos exibir diante dos amigos, mas frequentemente temos má vontade para com as coisas do Pai. Somos orgulhosos e, muitas vezes, nos achamos filhos melhores, mais merecedores.

É fácil encontrar alguém que PAREÇA menos digno que nós, para fazermos comparações que aplaquem nossa consciência. É o mesmo erro mostrado por Jesus na parábola do fariseu e do publicano.

Por isso, de novo, nossa referência é Cristo. Paulo dizia: podem me imitar, mas só naquilo que eu imito a Cristo.

Precisamos entrar para a festa do Pai, sem questionar, mesmo que não entendamos Seus propósitos, precisamos ter prazer no que Ele tem prazer e detestar o que Ele detesta, afinal, TODAS AS COISAS DELE SÃO NOSSAS.

Bom fim de semana a todos.

Anúncios

E você, o que poderia acrescentar sobre este assunto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s