A descoberta de Isaque

CordeiroSeria mais um culto na vida religiosa do jovem rapaz. A certa altura da viagem ele se tocou que algo estava faltando, algo saía um pouco da rotina, do ritual adotado por seu pai Abraão. Apesar da emblemática resposta do ancião, não foi algo que chegou a perturbar o moço, que continuou a viagem sem imaginar o que lhe esperava.
Foi somente quando estava amarrado sobre o altar é que deve ter compreendido O QUANTO fazia falta o cordeiro…

Podemos ver em Abraão uma figura da lei, que nos acusa, nos prende à condenação (justa e merecida, diga-se). Abraão estava obedecendo a uma determinação de Deus, que tão somente havia orientado a morte de Isaque. Assim também é a lei: ninguém será salvo por ela, mas a muitos condenará e executará. Até ao momento em que o cordeiro aparece, a graça permanecia desconhecida para Abraão e sua família. Assim também, como explica o apóstolo João em seu evangelho, “a graça e a verdade vieram por Jesus Cristo”.

Naquele dia Isaque iria compreender a importância da intervenção de Deus na sua história. Se Deus não interviesse, ninguém poderia salvá-lo, nem mesmo quem mais o amava, seu pai.

Muitos seguem suas tradições religiosas sem saber qual o significado de seus elementos, qual o sentido de seus rituais, afinal o que importa é ter uma religião, qualquer uma.

Mas chega um dia em que somos confrontados à realidade: Somos maus e nada pode nos salvar de nossa condenação, mesmo que sejamos pessoas tão respeitáveis como aquele jovem. Estamos atados e não há como reagir e nos salvarmos a nós mesmos.

Ali a graça de Deus se manifestou. Deus é sobremodo exigente em Sua justiça. Somente o que Ele mesmo providencia para Si é que pode satisfazê-lo.

Se o Cordeiro não for providenciado por Deus para morrer em seu lugar – veja bem: não é morrer por todos, de modo genérico, mas por você, de modo específico – VOCÊ ESTARÁ PERDIDO.

Sem que Jesus se revele, como o Cordeiro de Deus que tira o pecado (especialmente o seu), o fim de seu culto será morte. Por mais que você tenha se dedicado ou esforçado.

Isaque certamente voltou pra casa com uma nova mentalidade a respeito de sua própria vida espiritual, compreendendo o grande amor de Deus e a disposição d’Ele em salvá-lo, especialmente quando ele já não podia fazer nada para agradar a Deus, condenado, preso, inerte, com a morte certa pela frente.

Se você, caro leitor, não percebeu no seu próprio ritual religioso o AMOR de Deus revelado a você na morte do Cordeiro inocente, que Ele mesmo providenciou, ainda deve achar os cultos monótonos, repetitivos, sem sentido até.

Olhe em volta, atente para os detalhes de seu ambiente espiritual. Se não é possível perceber o Cordeiro vivo por perto, você ainda estará preso à condenação e o cutelo da lei cairá sobre seu pescoço a qualquer momento.

Anúncios

35 comentários sobre “A descoberta de Isaque

  1. Excelente Revelação!!! É necessário todos os dias encontrarmos com o Cordeiro em nossos cultos, pois é Ele que nos dá a vida, e vida com abundância. APDSJC.

    Curtir

  2. Companheiro, APDSJ. Que palavra maravilhosa. Completa, simples e direta. Uma das melhores que já li. O verdadeiro sentido de Salvação, a substituição.

    Curtir

  3. Com certeza uma das mais lindas que já li. A presença importantíssima do Cordeiro nos livrando da morte. Isso nos faz valorizarmos mais nosso culto ao Senhor, quando vemos que o Cordeiro esta presente.

    Curtir

    • Sim, minha irmã, e pensar que muitos entre nós tem, visivelmente, desprezado o privilégio que temos de congregar e usufruir diariamente dos benefícios do Cordeiro de Deus.

      ApdSenhor.

      Josué

      Curtir

  4. Isaque deve ter pensado enquanto subia o monte com a lenha nos seus ombros “estou me esforçando muito, meu pai deve estar orgulhoso do que estou fazendo”. Como muitas pessoas que ainda estão perdidas nas religiões e acreditam que o seu esforço para cumprir as obras da Lei são suficientes para lhes salvar. A Bíblia diz que somos salvos pela graça incomparável do único e suficiente Salvador, somente o Senhor Jesus revelado pelo seu Santo Espírito é que nos salva. A presença Dele em nossas vidas é a razão do nosso viver. Ele nos aceita do jeito que chegamos á Ele, nos transforma. Isaque desceu do Monte naquele dia, transformado, deve ter pensado “o cordeiro salvou a minha vida, se ele não estivesse ali, eu é que morreria”. Isaque nunca mais deve ter se esquecido daquele momento que mudou a sua vida para sempre. Que todos nós possamos guardar nas nossas mentes e corações, “A Sua presença tem salvo a minha vida a cada dia”

    Curtir

    • Sim, amigo, o que me chamou muito a atenção foi imaginar a grande mudança que aconteceu na mente daquele jovem. O que nos motiva a buscar uma nova mentalidade para os nossos jovens, acreditando na boa vontade do Senhor em fazer deles valentes em Suas mãos.

      Abraço,

      Josué

      Curtir

  5. olhe meu amigo,eu tive uma experiência muito maravilhosa,eu pedi ao senhor que me desse uma palavra para eu trazer aos jovens de minhas igrejas,que estão precisando ter uma experiência de salvação,pronto eu achei aqui um tesouro maravilhoso meu amigo,
    um grande abraço extensivo a toda família.
    pr.Jorge DIAS jf

    Curtir

    • Grande amigo,

      A Palavra é nossa fonte inesgotável de consolo e recurso, para nós e para os que estão sob nossa responsabilidade no exercício do ministério. Viver no Corpo traz grande segurança para nós, a certeza de que não faltará o alimento abundante à mesa do Senhor.

      Grande abraço,

      ApdSenhor.

      Josué

      Curtir

  6. A paz do Senhor pastor Josué.
    Texto maravilhoso, edificante e animador.
    Reconhecer o sacrifício de Jesus e viver o privilégio que isso nos concede, isso sim, é qualidade de vida.
    GLÓRIAS PRA SEMPRE AO CORDEIRO DE DEUS!!!

    Curtir

    • Prezada Marise,
      Que o Senhor mantenha nossos olhos abertos para contemplar Seu grande amor, que aparece em cada detalhe de nossa existência, mas especialmente nos momentos em que o Cordeiro de Deus se manifesta, por provisão do Pai celestial.

      Grande abraço,

      Josué

      Curtir

  7. No verso 5 Abraão diz aos seus moços: “…Ficai-vos aqui com o jumento, e eu e o moço iremos até ali,e, havendo adorado, TORNAREMOS a vós.”
    Abraão tinha suas experiências com o Senhor. Sabia , apesar da ordem de Deus, que o Senhor daria a solução, mas era necessário que Isaque tivesse sua própria experiência.
    Muito bom o texto, pastor Josué.
    APDSJ.

    Curtir

    • É interessante que, mesmo nos período anterior ao da manifestação da graça por Jesus, a experiência pessoal já era apontada pelo Senhor como sendo fundamental ao relacionamento com Deus.

      Grande abraço,

      Josué

      Curtir

  8. “Sem que Jesus se revele, como o Cordeiro de Deus que tira o pecado (especialmente o seu), o fim de seu culto será morte. Por mais que você tenha se dedicado ou esforçado”.
    Concordo com a belíssima explanação, só tenho ressalvas quanto a frase apontada acima uma vez que a misericórdia de Deus é algo tão profundo quanto sua graça.
    Abraços de seu domingueiro amigo kkk

    Curtir

    • Bem, eu ia deixar pra responder no domingo, mas… vamos lá:

      A questão principal de que o post trata é exatamente essa: Estamos amarrados, presos e INCAPAZES de fazer qualquer coisa por nós mesmos em nosso próprio favor. O cutelo da lei está estendido sobre nossas cabeças e somente – insisto: SOMENTE – a graça misericordiosa de Deus em revelar o Cordeiro substituto nos fará sair de tão deplorável situação.
      A misericórdia trabalha junto com a graça e não é uma alternativa a ela. “Pela graça sois salvos, por meio da fé. Isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras para que ninguém se glorie.” Paulo escrevendo aos efésios, no capítulo 2.

      Até domingo, simpatizante frequente.

      Grande abraço, meu amigo.

      Josué

      Curtir

  9. Na verdade Pr Josué, as vezes não damos o devido valor aos cultos em nossas igrejas. Nos apegamos normalmente a rotina do dia a dia e também ao ritual do culto diário. Involuntariamente, sem percebermos, nos colocamos na posição de meros expectadores já que nos “acostumamos” com o mesmo e assim não damos conta e nem a devida importância da mensagem e seu valor. Corremos sim um grande perigo em negligenciar o que temos de mais precioso: A VALORIZAÇÃO DO CULTO PARA NOSSA SALVAÇÃO!

    Que essa revelação possa nos fazer repensar e nos nortear para sermos sensíveis a voz do ES que tem falado a igreja todos os dias, para não considerarmos nossos cultos somente mais um, porém que possamos ser mais fiéis e agradecidos ao Senhor por essa oportunidade diária de ter acesso a essa tão grande SALVAÇÃO.

    Eu particularmente com certeza tenho muitos motivos para colocar isso em prática, espero que os irmãos(toda igreja) também.

    “Na ira Senhor, lembre-se de sua misericórdia”

    Abraço fraterno,
    Edmilson (pai Leydiene)
    Barra Mansa-RJ

    Curtir

    • Sim, caro Edmilson,

      O culto mais frequente é um dos grandes valores e parte da identidade desta Obra. Sem que tenhamos percebido, nos manteve envolvidos com as coisas do Senhor mais do que muitos outros cristãos e isso – para muitos de nós – fez diferença de vida e morte. Que o Senhor preserve em nós a alegria dos que ouvem: “vamos à casa do Senhor”.

      Grande abraço,

      ApdSenhor.

      Josué

      Curtir

  10. Louvado seja o nome do SENHOR DEUS, que de forma individual atentou para a minha certa condenação e me livrou… MARANATA!!!!!! O SENHOR JESUS VEM!

    Curtir

  11. A palavra revelada acerca de Isaque, muito profunda e oportuna para os nossos dias, nos leva a um dos criminosos que estava na cruz, condenado pela lei, repreendia o outro que embora estivesse na mesma condenação insultava o Senhor, dizendo: Se tu és o Cristo, salva-te a ti mesmo e a nós. Na verdade ele desejava a salvação para essa vida, mas o outro entendeu que estava diante do Salvador, e que a vida física dele não era o mais importante, e sim a salvação de sua alma, e disse com temor a Deus em seu coração: Senhor, lembra-te de mim quando entrares no teu reino (revelação). Respondeu-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso. O Senhor fez o mesmo conosco, tirou o cutelo (pecado) que estava sobre nós e que nos levaria a morte, nos resgatou com o seu precioso sangue, morrendo em nosso lugar. Morreu, mas ressuscitou, está vivo e está dizendo a um povo fiel ( a igreja que irá subir ) o mesmo que ele disse àquele criminoso arrependido: hoje estarás comigo no paraíso.
    Pastor Josué, um grande abraço e
    APDSJ.

    Curtir

  12. GRANDIOSA palavra…
    Ah…como é bom provar da PALAVRA de DEUS…Alimentar-se DELA…Viver por ELA…Ama-la….FONTE INESGOTÁVEL de VIDA.
    A MORTE…era o nosso destino.
    Quantas vezes DEUS disse…ME ARREPENDI de ter feito o HOMEM…PECAMOS…Pecamos.
    Como PROVAR esse AMOR?!
    DANDO TUDO…DOANDO…DEUS em PRIMEIRO LUGAR.

    Vamos falar do MOÇO…
    Sabia que estava indo para um HOLOCAUSTO…SACRIFÍCIO, mas não havia ali, o CORDEIRO.
    Onde estaria?
    Onde o Pai o havia colocado?
    Silêncio…
    Conhecia todo o RITUAL …ACOSTUMADO…mas nunca SEM o CORDEIRO.
    Não o percebia…não o via…ONDE ELE ESTÁ?
    Amargura de ALMA…tristeza…Nenhuma PALAVRA.
    Como o CORDEIRO estava sempre PRESENTE…não tinha percebido quão longa era aquela CAMINHADA…Como era DIFÍCIL chegar no MONTE.
    REFLEXÃO…ONDE ESTÁ O CORDEIRO?
    O QUE EU FIZ?
    O QUE MEU PAI FEZ?
    SILÊNCIO…
    AMARRADO sobre a lenha…Sentiu FRIO…O CORDEIRO NÃO ESTAVA LÁ.
    VAZIO…
    Permitiu-se ser o SACRIFÍCIO…ENTREGA ABSOLUTA…O CUTELO, o fazia VER o quanto PRECISAVA naquele momento…Do CORDEIRO.
    SE ENTREGA…NÃO MAIS SERIA O MESMO…
    SALVAÇÃO…O CORDEIRO se APRESENTA…ÚNICO…ETERNO.

    Um abraço.APDSJ

    Curtir

    • Prezada Célia,
      Estive de férias e me afastei daqui também. Só agora vi sua postagem, muito pertinente, obrigado por participar. Às vezes olho para a Palavra e me lembro de um antigo brinquedo chamado caleidoscópio, que a cada olhada mostrava um mosaico diferente, embora as mesmas lantejoulas estivessem no fundo dos espelhos. Assim é cada vez que tocamos na Bíblia – ou somos tocados por ela, melhor dizendo.
      Grande abraço e volte sempre.
      Josué

      Curtir

  13. NA MINHA HUMILDE OPINIÃO DIGO: GLORIA AO PAI , GLORIA AO FILHO E AO ESPIRITO SANTO. AMEM.
    QUE ASSUNTO MARAVILHOSO! APDSJ.

    Curtir

  14. Muito boa esta palavra, de grande aplicabilidade nos momentos aflitivos que vários de nossos rebanhos enfrentam e até nós mesmos, nos induz a ter fé. Que Deus te abençoe, companheiro, APDSJ.
    Abraços,
    Alexandre França

    Curtir

E você, o que poderia acrescentar sobre este assunto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s