… mas para Caim e para sua oferta, não atentou

Caim e AbelQuando lemos a história da entrada do pecado na vida do homem, vemos que a serpente percebeu logo uma característica humana importante: nossa curiosidade, nosso desejo de alcançar mais e mais. Segundo a Bíblia, a glória do homem é descobrir. Deus lhe deu essa característica porque sabia que ela seria fundamental para nosso desenvolvimento em todas as áreas da vida.

Pois bem, querendo algo mais, Eva se deixou convencer de que o fruto da terra seria o meio pelo qual alcançaria seu progresso. Todos sabemos que isso não deu certo. Descobririam mais tarde que só alcançariam algo mais elevado com a morte do inocente animal que lhes providenciou vestes.

Porém Caim repete o mesmo erro, acreditando novamente no fruto da terra e leva isso diante do mesmo Deus que havia castigado seus pais por erro semelhante. Pode até ser que o altar de Caim fosse mais bonito e enfeitado do que o de Abel, sujo com o sangue do cordeiro.

Hoje ainda muitos erram nisso, acreditando que o fruto da terra, do seu esforço pessoal, pode conduzir ao céu, apresentam isso diante do Senhor e não entendem por que Deus não os aceita. Às vezes suas obras tem até uma boa aparência, mas isso não conta diante d’Aquele que vê além do que é exterior. Os olhos de Deus estão sempre voltados para o Cordeiro.

Mas, se fizer o bem, haverá aceitação pra você também.